E a agora Obama?

       A eleição americana ainda dá muito pano para manga. Um dos aspectos mais interessantes da corrida à Presidência foi a forma pela qual Mccain reconheceu com grandeza a vitória de seu adversário. Além de exaltar o significado histórico dela para o povo negro da América do Norte, o velho senador republicano reconheceu que, daquele instante em diante, Obama seria o seu Presidente. Lá, ao contrário daqui, parece que os perdedores mão ficam se lamentando o resto da vida, procurando vícios na vitória alheia.

          Quanto a Obama, a responsabilidade que está em seus ombros é do tamanho da crise que Bush lhe deixou. Além da falência econômica e das guerras em curso, o grande desafio do jovem presidente negro será corresponder a expectativa criada não só em seu país como no resto do mundo. Espera-se uma virada histórica radical nas relações internacionais e no trato com as questões ambientais; almeja-se um pensamento político mais liberal e uma maior atenção com os pobres. Não será uma surpresa se ele falhar nesses desafios. Em todo caso, fica no ar a esperança por mudanças e a torcida para que Obama consiga mostrar para que veio. 

Anúncios

One Response to E a agora Obama?

  1. Jurista Desempregado disse:

    Obama, como todos os políticos que prometem mudanças, vai decepcionar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: