Quem são os (neo)nazistas?

           De uma hora para outra, descobriu-se que o Brasil está abarrotado de neonazistas, organizados em grupos espalhados, sobretudo, no Sul e no Sudeste. Parece que, por essas bandas, a quantidade de seguidores de Hitler está crescendo como os casos de gripe suína.

            Todo mundo sabe que os partidários da ideologia nazista pregam o autoritarismo, a superioridade racial do “povo arinano”, o ódio aos judeus e aos negros, entre outras idéias idiotas. Mas quem são os nazistas? O que compele as pessoas a aderirem a essa corrente radical que nega os valores fundamentais da sociedade democrática? O que impele um jovem a sair por aí gritando “Heil Hitler” e ameaçando negros, nordestinos e homossexuais?

        Muitos foram os que estudaram profundamente esse fenômeno. Basta citar Erich Fromm, autor de “O medo à liberdade”, na qual dedica um capítulo à “Psicologia do Nazismo”. Em linhas gerais, Fromm mostra que o “nazista médio” é indivíduo de classe média baixa,  profundamente reprimido, com fortes sentimentos de vazio, solidão e inferioridade que parte para o radicalismo político, sacrificando a individualidade em organizações hierarquizadas e autoritárias. O nazismo é um mecanismo de fugo que dá as essas pessoas um falso sentimento de superioridade.

             Na realidade, a adesão ao nazismo acaba sendo um impulso irracional de que está no fundo do poço. Não é à toa que esse movimento se expande em momentos de crise. Na Alemanha, por exemplo, a grande massa dos novos seguidores do Füher habitam a parte menos desenvolvida do país,  a antiga “República Democrática da Alemanha” (RDA).  Lá a questão é tratada como caso de polícia e aqui não pode ser diferente.

Anúncios

8 Responses to Quem são os (neo)nazistas?

  1. Marisinha disse:

    Já visse ‘o menino do pijama listrado’? Veja.

  2. Francisco Falconi disse:

    – Não vi…

  3. Lara disse:

    Quem e o que foram os nazistas?
    quem são os judeus? E por que esles são tão odiados pelos nazistas?

  4. sran disse:

    confeço quer tenho uma certa adimiraçao pelo nazismo

  5. izabel assunçao disse:

    sou nazista e tenho orgulho do que sou….

  6. eu ja fui nasista e matei …mais quero falar que me arepemdo ate hoje eu era o Netla e o sub_capitao…pesso desculpas mais acho que vou arder no inferno

  7. WhiteWolf-14/88 disse:

    O nacionalismo alemão é mais que isso ,é ter amor a sua pátria de origem,ter orgulho de ser branco e não ficar reprimido perante tanta merda,ter orgulho de um minimo detalhe seja aparência física ou algo interior…
    É amar sua família é colocar Fuhrer e seus irmãos em uma prioridade absoluta e nunca abaixar a cabeça para as coisas erradas da vida,um exemplo disso são as pragas judaicas que distribuíram ódio nos tempos biblios e até hoje continuam.
    E agora se dizem reprimidos pelo nazismo mais na verdade perceberam que não podem mais cometer os crimes que antes cometiam algo como:esquartejamento,saqueamento de vilas inteiras,estupros e etc…
    O que Fuhrer fez foi abrir nossos olhos contra essa raça e nos dar força para reagir,e enquanto houver esperança nos estaremos aqui com os coturnos vestido e punhos fexados para a luta!

    14/88

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: